quem lê tanta notícia?

eu não assisto TV, não gosto de TV, me irrito com TV, desisti da TV. não tenho TV por assinatura, não tenho antena, não tenho tela plana, não tenho aparelho decente, não tenho esperanças.
não sinto falta alguma.
 
ligo a TV em dois únicos e raros momentos: 1. para ver alguma coisa em DVD e 2. para assistir ao “bom dia brasil”, quando me lembro.
 
pois bem, um dia desses vi a ilze Scamparini falando sobre um terremoto no norte da itália. caçarola! e não é que a mulher tá igualzinha? tá certo que como a minha TV não tem antena, a imagem não é lá grande coisa, mas mesmo assim a mulher é uma loucura… a mesma voz, o mesmo cabelo, a mesma cara e, claro!, o mesmo papo.
 
ela é correspondente da globo na itália desde o tempo em que eu ainda acreditava na TV. fiquei pensando se estar perto do papa, proporciona esse milagre de mantê-la congelada no tempo, enxutaça, bonita, gostosona.
 
 
mas depois de muita matutação, eu descobri qual é o grande mistério. é óbvio! aquela não é a ilze de hoje. é a mesma ilze de antes, são tapes que a globo guardou e usa ano após ano, sem que a gente se dê conta… pode reparar. as notícias sempre, sempre, sempre são as mesmas:
       uma onda de frio assola a europa…
       a itália não vivia temperaturas tão altas desde…
       um escândalo envolvendo a alta cúpula do poder político italiano…
       foi sentido no centro do país um terremoto de magnitude…
       o papa se pronunciou pela primeira vez sobre o acordo internacional…
 
como desde sempre as notícias são as mesmas, eu fiquei curiosa, o que será que a ilze scamparini deve estar fazendo e como será que ela está de verdade?
acho que começarei um movimento “apareça ilze”.  
 

2 Comentários

quer comentar? não se acanhe.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: