segunda-feira

dia de início.
regime, trabalho, planos, academia. novo curso.

gosto de segunda-feira. não sei explicar direito, mas me sinto bem com a chegada de nova semana, tenho a impressão que a vida abre um grande portal para que tudo tenha outra chance. não me importo com os dias que ficaram no passado, olho para o calendário e penso nesse réveillon fora de época, refaço a programação.

minha cabeça parece um texto pronto de autoajuda, eu sei. mas não ligo. banal, sorrio.

minhas preferências são as coisas do prazer, não gosto de chatices, obrigações, horários inflexíveis, compromissos enjoativos. gosto do que faz bem à pele, aos pelos, à alma. uns lances simples sem muita elaboração que tranquilamente podem ser aplicados a qualquer segunda-feira, em qualquer tempo, qualquer dia.

olho pela janela do quartinho para pensar no céu azul e no sol que brilha aqui e em outro continente, que boia no espaço levando todo mundo com ele, que faz crescer plantas e encher de vitamina D os passantes. mas não consigo pensar em nada disso, porque o vento que balança os galhos da árvore aqui da frente me distrai. e toda a música desse vai-e-vem me toma de um jeito completo. nem os carros, nem as gentes, nem os alarmes das casas, nem o apito do telefone, nem a música do rádio me tiram do transe. escuto o soprar bonito das folhas que aceitam o convite da dança e se mexem com sensualidade comovente. o vento sabe que o vejo e para não me deixar sozinha, sopra suave em meu rosto, me beija, me sussurra segredos.

o vento me diz que hoje é segunda-feira, dia também dos prazeres.

quer comentar? não se acanhe.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: