fora de forma

a Lívia incentivou e começamos a caminhar no parque. um antigo não-hábito que a Vera tentou, gentilmente, despertar em mim. tenho preguiça, mas pulo da cama às sete, enfio os fones de ouvido e me largo no Barigüi. é uma rotina, já faço isso há dois dias. praticamente um recorde. sempre tive boa resistência física. nas viagens, nos passeios, nas voltas pela cidade, nunca conheci …

araucária

na altura dos meus olhos, a copa da árvore, que é mais verde e mais copa que todas as outras. também tenho, sem mover a cabeça, uma araucária e sua forma esquisita, que parece ser comum, mas só porque cresci vendo paisagem cheia de outras iguais. nunca gostei de araucária, ela sempre me pareceu coisa meio estrangeira. estrangeira do planeta. e também sempre a achei …

antes de chegar a Marte

sabe esses sites de notícias que perguntam se podem enviar notificações? pois então, vira e mexe, eles mudam a posição da resposta a que estamos acostumados. tempos atrás, estava a ler qualquer coisa, quando veio a pergunta. no gesto condicional pensei em ‘agora não’ e teclei em ‘permito’. desde então, meu trabalho é interrompido por informes que não me interessam e que me fazem perder …

rotação

estou aqui, numa insônia sem fim, a pensar na vida e em meus caminhos movediços, sem saber se volto para sala e tomo mais uma taça ou se continuo na escuridão do quarto cortada por lua que já não é mais tão cheia. neste mundo de travesseiros e cobertas, suplico por um sono que não chega. dormir é melhor do que pensar. a noite que …

eu, antiquária

uma vontade recente me belisca. parece que nova quimera começa a brotar neste cabeção tão afastado das realidades: a caminhar aqui e ali a ideia de ter um antiquário. obviamente mais uma coisa a se juntar à minha vocação de pouca renda e sonhos múltiplos. comecei a procurar curso. não sei exatamente o que é necessário para tratar do assunto com competência, mas passei a …

codinome beija-flor

estava trabalhando no quartinho. uma certa monotonia no barulho das teclas, do rádio, dos carros que insistem lá fora. escrevia, cheia de desalentos internos, sobre o Congresso Nacional. nome tão bonito para esculhambação tão sórdida. Lívia chegou em gritos e risadas. mamãe, mamãe, corre aqui, vem aqui. me pedia pressa e me pedia calma. tinha um sorriso alegre e aflito. segurou na minha mão e …

entre Angola e Moçambique

há dias tenho pensado em Moçambique e Angola. tenho cá próprias motivações. e minhas obsessões. pesquiso passagens aéreas, lugares para ficar, faço roteiros, me imagino voando pelos céus africanos a contemplar mais de dois mil quilômetros entre um país e outro enquanto o piloto faz o avião voar baixinho só para eu ver aquelas paisagens com cardumes de girafas correndo. consigo pensar num safari botânico, …

ressonância magnética

fui fazer ressonância magnética. nem sei direito o que é uma ressonância magnética, mas o doutor achou que era recomendável e eu, como de costume, obedeci. estou numa escalada progressiva de exames. comecei com um raio-x, evoluí para ecografia, passei à tomografia e agora cheguei à ressonância magnética. nome bonito este. coisa sonora. e, ainda por cima, com contraste. tudo parece tão harmonioso que tivesse …

o porvir

sempre tive problemas com o futuro. acho que tem relação com o número de compromissos que tenho, que sempre tive, no presente. comprometer o porvir é uma espécie de tortura para minha frágil existência. até coisas banais me deixam nervosa: agendar o cinema de sábado, o almoço na semana que vem, a festa de aniversário. na empolgação do momento, combino tudo e três minutos depois …

Pin It on Pinterest