não se apresse na volta

não se volta ao amor assim,
machucada
não se visita o amor com mágoas

novo amor
velho amor,
amor não merece liquidação dos dramas
transbordar de dores
memória corroída
chansons que derramam pesares
e esperanças amordaçadas

há de se respeitar o amor
e não obrigá-lo a mesquinharias
dos outros tempos
de todos os tempos

para o amor, foro limpo
bons tratos.
pousá-lo no colo
e acariciá-lo
como se um gato
ou flor
ou livro

não se volta ao amor
com coleção completa de desdéns
todas as figurinhas
a suplicar,
ponto por ponto,
imagens dos espelhos
camélias desfolhadas
lenços encharcados

isso não se faz
assim não se volta ao amor

quer comentar? não se acanhe.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: