conjugando

o presente é o indicativo
de que apesar dos irregulares
dos primitivos
defectivos
derivados
dos impessoais
apesar dos imperativos
negativos
e dos particípios
provavelmente tive um passado
mais que perfeito.

o futuro do pretérito deu certo,
confirmo hoje
nos dois primeiros: eu e nós.
satisfeita, parto para o futuro do presente
e agora considero
os imperfeitos
os simples
compostos
pessoais
infinitivos
afirmativos
os nominais
e até as locuções e as desinências.

o porvir caminha em gerúndio
e se anuncia:
derivado, nem o tempo verbal.
na conjugação dos dias
a regra gramatical,
onde tudo é lei e é também exceção,
o aprendizado da conjugação
na vida e no caderno,
simplesmente natural

quer comentar? não se acanhe.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: