espera

aqui estou, disposta a falar
a dizer tudo e explicar pouco
a querer muito e realizar tudo
a tentar pouco e conquistar o mundo

aqui estou,
diante da vida e perto do fundo
na via de ida e na verdade sem muro
em cima da ponte e olhando pro sol
com os pés no chão e as mãos pra trás

estou aqui,
ouvindo a música e contando os números
buscando a cura e colhendo o resto
acendendo vela e apagando esperança
com a navalha na mão e a costura em pedal

estou aqui
num gerúndio que não é
no ponteiro que não girou
na areia que não caiu
o tempo ainda não aconteceu

3 Comentários

  1. Estefânio
  2. Estefânio

quer comentar? não se acanhe.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: