retrato

começo sem fim

sem pena, nem medos 
 
em voltas
      pé em Deus
      carrego todos, os meus e os seus
 
subo sem rumo
alcanço estrela
rolo feito pedra
        que pesa, amassa e ruína
 
levito
sou como pluma
         como véu e como espuma
 
no fim o começo de mim.

quer comentar? não se acanhe.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: