anúncio

uma das coisas estranhas deste lado do oceano é a forma direta que se avalia o status de uma pessoa pelo carro que ela tem. o pior vem depois, a partir desta classificação absurda, é estendida uma faixa para dizer quem ela é. ai que preguiça!

por conta de vários pormenores que rastejam lado a lado, decidi que não terei mais carro. chega! não quero mais passar pela tristeza de reconhecer a decadência humana no trânsito. a selvageria dos condutores me maltrata. o preço da gasolina me incomoda. os engarrafamentos me castigam. o vidro sempre fechado me desanima. basta!

venderei o carro.

conto o que sei sobre ele. confesso, não conheço o assunto em profundidade, mas sou capaz de descrever alguns itens que utilizo e comemoro sempre que estou atrás da direção e outros que colei do manual (que está aqui, firme e forte). o que posso garantir, sem sombra de dúvidas, é que ele é um carrinho muito bacaninha, para usar uma gíria do meu tempo:

– Citroën C3 exclusive – 2013
– 30 mil Km
– dois airbags
– limitador de velocidade (pra quem anda pela via calma é super útil!)
– todos as portas, vidros e retrovisores elétricos
– vidros são escuros (não lembro o nome)
– estepe zerinho
– rodas de liga leve (não sei o que significa)
– sensor de chuva
– ar condicionado digital
– direção elétrica (o volante tem aquele lance de ajustar a altura e a distância, saca?)
– quando a pessoa está dirigindo, ou sendo carona, tem aquele lugar para descansar o braço, super confortável isso.
– alarme com travamento automático e remoto. e o travamento das portas é sensível à velocidade.
– faróis automáticos com sensor de luminosidade.
– tem uns lances que não sei usar, tipo autonomia de combustível, piloto automático e outras coisas que não sei nem explicar.
– dá pra saber que horas são, quantos graus está fora (e dentro) e que dia é hoje.
– ele também manda umas mensagens codificadas no painel.
– não faz exigências, bebe o que tiver: álcool, gasolina…
– o rádio, ganhei da minha irmã, ele ainda obedece umas preferências antiquadas: AM, FM e CD, mas parece que dá para ligar o iPhone, nunca tentei.
– por fim, é super pretinho e super bonitinho, créative technologie! :-)

quanto custa? não sei, ainda não vi. talvez você possa me dizer.

quer comentar? não se acanhe.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: