pérola colorida

colori minha foto do FB porque acho lindo pertencer a uma família que se reconhece em todas cores, em todas as formas de sentir. se é esse o tempo de declarar tudo que cabe nesse conceito, declaro. porque penso, hoje e sempre, que todos somos iguais, todos somos de várias cores, todos somos arco-íris. adoro!

a livre escolha e o respeito a ela nem deveriam ser pontos em discussão. teriam que reinar naturalmente. sei que não é assim e acompanho a luta, e o sofrimento que ela causa, de pessoas que só querem ter seus direitos assegurados. o mundo pode ser um lugar muito cruel e não temos outro para habitar, pena.

tempo atrás ouvi Agualusa contar uma historinha. a filha dele deveria ter quatro ou cinco anos. angolana. negra. a passear pelas ruas de Lisboa uma mulher: que linda você é! qual é sua cor?, a pergunta, segundo o escritor e eu mesma, é uma idiotice em si. a criança, daquele tamainho respondeu: eu sou uma menina, não vês que sou uma menina? e as meninas têm várias cores. o meu cabelo é preto, minha língua é rosa, meu dente é branco… eu sou uma menina. embora a bandeira colorida represente outra causa, ela tem a ver com isso também. antes de tudo, somos pessoas, e as pessoas têm várias possibilidades. não é preciso nada além de respeito. nem concordar, nem gostar, só o respeito. porque é isso que garante que quem não goste ou concorde possa continuar não gostando ou concordando.

acabei por estender meu pensamento a Vermeer, já que uso a maravilhosa “A moça com brinco de pérola” no perfil. penso-os, os dois, o artista e a moça, como livres das mesquinharias de espírito, como seres que atravessaram os séculos contando no olhar que todos os caminhos do amor são válidos e agora, pouco a pouco, legais também.

em mim todas as cores, sempre. eu sou uma pessoa.

10447079_1086762648020040_2927322772293000815_n

quer comentar? não se acanhe.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: