do lar

Pela fresta do quartinho espiei o dia chegando. Não soube direito de suas cores, menos ainda de suas horas; só de suas chuvas que choviam…
Sentada aqui, desde quando ainda era ontem, percebi o futuro assim, sem anúncio ou festa, sem gritos ou comemoração.
O sábado se fez silencioso, mas bem urgentinho de suas obrigações.
Para não atropelar nada nem dar pressa ao que não precisa, comecei com chá, minha vontade era outra, mas tive preguiça do café.
Enfileirei em prioridades todos os chamamentos para hoje. O primeiro, em pouco tempo, o último amanhã à noite.
Comecei atrasada porque me distraí com o cão que, abanando, veio desejar bom dia. Conversa longa, cheia de truques e brincadeiras. O cão não estava previsto em meus encargos, mas não se nega carinho a tão querido amigo.
Lembrei de estender as roupas. Tal dever também não estava na lista, mas não é possível seguir sem libertar braços e pernas que se encolheram abraçados durante toda madrugada dentro da máquina.
A espiadela pela cozinha disparou o gatilho da vassoura e fui, sem pensar, tratando de mais esse imprevisto. Findo o ofício, lembrei do jantar de hoje e tratei de desenhar o cardápio. Entre freezer e armários, coloquei ida ao mercado à minha lista do dia.
Resolvi que antes de tomar banho e sair para as responsabilidades prognosticadas, mandaria para bem longe das mesas, armários e todas as outras coisas o pó que se formou por ali exatamente no mesmo momento em que o sábado nascia. Espanador numa mão, aspirador em outra e a área ficou livre para respiração.   
Pensei nos filhos e em como é bom acordar com cheirinho de bolo. Voltei para cozinha, separei o instrumental e me dediquei ao prazer maternal de agradar a cria. Lavei louça, dei uma arrumadinha nas gavetas e já que estava por ali, limpei a geladeira.
Preparei novo chá, o cão veio e deitou. Lembrei do cesto de roupas, fiz pescaria e enchi a máquina. A essa altura, precisava varrer mais uma vez, e agora pra valer, a cozinha, o ciclo continuou.
Rasguei a lista, abandonei os planos e voltei para o quartinho: rotina de dona de casa. 
 
 

quer comentar? não se acanhe.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: